Aqui será depositado o nosso tesouro resgatado das águas profundas do conhecimento: as obras publicadas pelo Programa Editorial da SEDUC, a partir de processo seletivo democrático e transparente, com ênfase no mérito das produções que farão parte do acervo de nossa biblioteca digital. Dessa forma, estudantes, professores(as), gestores(as) e pesquisadores(as) em geral têm a oportunidade de submeter seus trabalhos ao Conselho Editorial da SEDUC, que avaliará o mérito e selecionará as obras que enriquecerão nosso acervo. Além de publicadas no formato impresso, elas também serão depositadas aqui em formato digital, para ampliar as possibilidades de acesso democrático ao conhecimento produzido nas redes públicas estadual e municipais do Estado de Sergipe. Para participar dessa aventura, que tal então conhecer nossas Coleções e Revistas?


   COLEÇÕES DE LIVROS


   Nossas Coleções de Livros foram idealizadas para atender primordialmente às reais necessidades de estudantes e professores(as) das redes estadual e municipais sergipanas, no tocante ao sonho de socializar suas obras culturais com outras pessoas mediante sua publicação. Mas, para idealizá-las de uma perspectiva democrática, levamos em conta a diversidade do público envolvido com a nossa educação pública, bem como uma expressiva variedade de gêneros de texto. Foi assim que nasceu a Coleção A magia de escrever e desenhar, constituída por obras produzidas por crianças em processo de alfabetização, sob a coordenação de professores(as) e orientadores(as). Nossos(as) pequerruchos(as) se tornarão autores(as) já em suas primeiras letras! Como o mergulho na sociedade letrada acontece progressivamente, deixaremos o rio da convivência com a escrita seguir seu curso, colocando garotos e garotas alfabetizados(as) à bordo da Coleção Estudante escritor(a), na qual suas criações literárias estarão disponibilizadas à fruição dos demais passageiros à bordo. Os(as) professores(as), capitães(ãs) da embarcação que singra pelas águas da sociedade letrada, farão sua ancoragem na Coleção Palavra de educador(a), porque o processo de letramento nunca tem fim e tanto melhor exercerá sua função o(a) educador(a) que nunca desiste de sua peleja pelas correntezas do conhecimento.

   À bordo da Coleção Saberes em gestão educacional estarão todos(as) os(as) profissionais de gestão da educação pública das redes estadual e municipais, atuantes na SEDUC, nas SEMEDs ou nas unidades escolares. O fundamental é cooperar para o sucesso da educação com a qual sonhamos.


   Professores(as), gestores(as) e pesquisadores(as) em geral desembarcarão na Coleção Paradidáticos sergipanos, composta por obras de auxílio didático ao ensino/aprendizagem dos diversos componentes curriculares da educação básica sergipana. Com a clareza, a concisão e a ludicidade necessárias, para tornar límpidas as águas turvas do conhecimento. Passageiros(as) com deficiência serão os(as) protagonistas da Coleção Autores(as) da inclusão, da qual farão parte obras criadas a partir de diversas linguagens, o verbal e o não-verbal articulados em diferentes níveis, das deficiências mais limitadoras às altas habilidades e superdotação.


   A Coleção Histórias de Sergipe será o porto onde professores(as), gestores(as) e pesquisadores(as) em geral se reencontram para socializar obras relativas às instituições e personalidades que contribuíram para o desenvolvimento do Estado de Sergipe em qualquer esfera da vida social.


   REVISTAS


   As duas revistas do Programa Editorial da SEDUC – a Revise: revista sergipana de educação e a Espie – receberão trabalhos em fluxo contínuo e terão publicações quadrimestrais, cada uma singrando por afluentes distintos do rio dos saberes produzidos ao longo da história da humanidade.


  A Espie receberá relatos de experiências alusivos a eventos educacionais dos quais tenham participado estudantes, professores(as) e gestores(as) exclusivamente da rede estadual sergipana. Já a Revise abre suas portas a professores(as), gestores(as) e pesquisadores(as) em geral envolvidos(as) com as redes estadual e municipais da educação básica sergipana, tendo escopo mais amplo para receber uma diversidade de obras culturais produzidas ao longo da escolarização básica. Para participar de quaisquer de nossas aventuras pelas correntezas do conhecimento, visite a aba Editais e Submissões, acesse os arquivos que detalham as regras de participação, bem como
informam prazos importantes para você não ficar de fora do nosso empreendimento editorial.

   Sejam todos(as) bem-vindos(as)!

A HISTÓRIA DA REGIÃO SUL DE N. S. DAS DORES CONTADA EM VERSOS TRAVESSIA A TRAJETÓRIA DO PENSAMENTO CRÍTICO SOBRE A NAÇÃO BRASILEIRA EM MANOEL BOMFIM ANTOLOGIA POÉTICA DELAS DA FORMAÇÃO INICIAL À PRÁTICA DOCENTE ENTRE VIVÊNCIAS, ELOS E AFETOS FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EJA PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O ENSINO-APRENDIZAGEM; ME TATEIA QUE EU DIGO ONDE DÓI MEUS VERSOS INDIGNOS DE QUAISQUER COISAS PASSOS E (DES)COMPASSOS DA EDUCAÇÃO DO POVO NEGRO À EDUCAÇÃO ESCOLAR QUILOMBOLA: SILENCIAMENTOS E TRAJETÓRIAS DE MILIT NCIAS. ROMPENDO O SILÊNCIO: HISTÓRIAS DE VIDA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS AGLAÉ D’ÁVILA FONTES: UM CAPÍTULO NA HISTÓRIA DO TEATRO SERGIPANO A LÍNGUA EM JOGO: REFLEXÕES E ESTRATÉGIAS PARA TRABALHAR O APAGAMENTO DA NASAL EM VERBOS “OH ZÉ, O SAMBA DE ABOIO É AQUI” UM ESTUDO ETNOGRÁFICO SOBRE O ALIMENTO TRADICIONAL, MEMÓRIAS E IDENTIDADES NO SAMBA DE ABOIO DO POVOADO AGUADA-CARMÓPOLIS/SE; CAMINHOS DE SAUDADE CATÁLOGOS DE PLANTAS CONTOS DE QUEM CONTA DOS LENTES AOS COMPÊNDIOS ELES SÃO ASSIM ENTRELAÇADOS GINASIANOS DO INDUSTRIAL- O ARQUIVO ESCOLAR REVELA O SEGREDO DO SUCESSO LAÇOS POÉTICOS LÚ SPINELLI OPERÁRIA DA DANÇA MESTRE NA ESSÊNCIA DA PALAVRA - TRAJETÓRIA DOCENTE DE OFENÍSIA FREIRE MOVENTE O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NO ATHENEU SERGIPENSE (1870 – 1877) O GAROTO QUE VÊ MATEMÁTICA EM TUDO O TEXTO TEATRAL EM SALA DE AULA- TEORIA E PRÁTICA POR ENTRE AS MEMÓRIAS DE UMA INSTITUIÇÃO- O ARQUIVO E AS PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DO ATHENEU SERGIPENSE (1870-1926) PROGRAMA SERGIPE NA IDADE CERTA - Vitória Bezerra PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DOCENTE RECOSTES POÉTICOS RURALIDADES NO MUNICÍPIO DE PORTO DA FOLHA SAGA DE UM VENCEDOR DR. DJALMA FRANCISCO DE LIMA SERGIPE ENTRE LITERATURA E HISTÓRIA TECENDO FIOS DA MEMÓRIA UMA BREVE INTRODUÇÃO À TEORIA DOS NÓS COM SUGESTÕES PARA O ENSINO BÁSICO JAIME ARAUJO HISTÓRIA DE UM TIPO INESQUECÍVEL SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL E A POLÍTICA HABITACIONAL NA REGIÃO METROPOLITANA DE ARACAJU(SE) VARIAÇÃO TÊXTIL RETALHOS DE UM CORAÇÃO POÉTICO HISTÓRIA DA CAPITANIA DE SERGIPE ATRAVÉS DE TEXTO E DOCUMENTOS MEU MUNDO EM DESENHOS EU, VOZ E VERSOS CIDADE DE ARACAJU 1870 - 196: O LUGAR DO ATHENEU SERGIPENSE